Homem é condenado a 17 anos e 6 meses de prisão pela morte de Jeferson Stockam.

JulgamentoO auditório da Universidade do Contestado recebeu ontem (13) um dos maiores públicos de todas as sessões de Júri Popular já realizadas nos últimos anos em Curitibanos.

Dezenas de pessoas, na grande maioria, familiares e amigos de Jeferson Stockam Flores, assassinado em fevereiro deste ano, acompanharam o julgamento de Wellington Felipe Schilichting, também conhecido como Chiquinho, que era apontado como o autor do homicídio.

Após 05 horas do inicio da sessão a sentença foi proferida. O conselho de sentença condenou Wellinton por homicídio duplamente qualificado e corrupção de menores.

A pena aplicada pelo juiz de Direito, Dr. Renato Mastella, que presidiu a sessão, foi de 17 anos e 6 meses de prisão a serem cumpridos inicialmente em regime fechado.

Segundo consta no inquérito, o crime foi motivado por ciúmes já que a vítima mantinha um caso com uma ex-namorada, que atualmente estaria em um relacionamento com Chiquinho.

Jefferson Stockmann Flores, tinha 27 anos, e residia em São Cristóvão do Sul.

O crime aconteceu na madrugada do dia 14 de fevereiro em Curitibanos, as margens da SC 457, nas proximidades do aeroporto de Curitibanos, para onde Stocmam teria sido atraído e atingido por disparos de uma pistola .40 e uma .380.

Diversas faixas e cartazes com pedidos de justiça foram expostos no local do júri por familiares da vitima.

Deixe uma Resposta